Mudar plantas de vaso? Quando é necessário? Como fazer??


Sempre nos perguntam se as plantas precisam ser replantadas .

Resolvemos postar algo sobre isso e fizemos um vídeo para mostrar como fazer.

Sim, devemos trocar a planta de vaso em três ocasiões: porque o vaso ficou pequeno, porque o substrato estragou ou porque a planta pegou fungo, bactéria ou vírus, doenças altamente contagiosas. Veja bem, terra é um substrato que não estraga, só perde os nutrientes com o tempo. Por isso, basta manter um vaso com terra bem adubado que a planta fica bem ali. Porém, esfagno, casca de pínus, chips de coco e outros materiais usados como substrato para orquídeas apodrecem com o tempo. Ao se deteriorar, esses materiais causam problemas para a planta: ficam muito ácidos e atraem fungos e bactérias. Então orquídeas e bromélias precisam trocar de substrato de 4 / 4 anos.

Para a troca de vaso, o primeiro passo é deixar todo o ambiente já preparado para a mudança. Deixe perto o vaso novo, a terra, o substrato, a água, enfim, tudo o que será necessário para fazer a mudança.

Se a ideia é trocar a planta para um vaso maior, a dica é adicionar mais substrato ou terra adubada e também alguns minerais para dar a sua planta condições de crescer ainda mais.

A retirada da planta do antigo vaso é uma operação que precisa ser feita com cuidado para preservar ao máximo seu estado atual. Ou seja, você não retira somente a planta, mas todo o torrão – planta e a terra que está presa às raízes – para acondicionar no novo recipiente. A dica é dar uma molhada para que todo o torrão saia.

Uma das formas de retirar a planta é rodar e forçar levemente (e com paciência) as laterais do vaso. Isso vai ajudar a descolar a terra do vaso.

Para saber se já houve todo o descolamento para a troca de vaso, vire-o com cuidado para baixo para conferir se o torrão está compacto e solto.

Nesta operação de retirada evite o uso de pazinhas e outros instrumentos que podem prejudicar a compactação e também as raízes da planta.

Complete o vaso com o novo substrato até a altura desejada (e necessária).

O passo seguinte é preencher a lateral do torrão com terra e substrato. Com a ajuda de um espetinho ou de um hashi, você pode acomodar o substrato entre o vaso e o torrão da planta, sempre pela lateral.

Após acomodar a planta no novo vaso, confira se a terra está ocupando todo o espaço e faça a primeira rega. Não foi simples?

Os suportes e vasos da Zoé são escolhidos a dedo para propiciar as condições perfeitas de rega e manutenção da sua planta. Experimente.